Blog oficial do Centro Cultural Nhô-Quim Drummond - Casarão

Blog oficial do Centro Cultural Nhô-Quim Drummond - Casarão - Praça Tiradentes - Sete Lagoas/MG. Informações: (31) 3772-3878

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Serão Poético especial de 26 anos é neste sábado

Edição festiva homenageia Professora Myralda

 
Myralda Elisa - Grande nome da cultura Sete-lagoana
Foto: Clube de Latras de Sete Lagoas
O mês de junho é uma época particularmente especial para o Serão Poético. Pois é o período em que se comemora o aniversário deste projeto que em 2012 comemora 26 anos de história. O evento já tradicional, realizado mensalmente pelo Clube de Letras de Sete Lagoas, em parceria com a Prefeitura/Secretaria de Cultura e Comunicação Social, sempre conta com grande público, o que reforça o caráter de apoio, estímulo e dedicação às artes, literatura e cultura da nossa terra, que possui.
 
Na noite do próximo dia 02 de junho, o Serão Poético especial, homenageará (in memorian) com poemas, trovas, canto, música, dança e teatro, a idealizadora do Serão Poético, Professora Myralda Elisa de Faria Roque, e a secretária Municipal de Esporte e Lazer, Lídia Lane Ferreira Alves pelo “Dia Olímpico”.

Sempre aos sábados, o Serão Poético acontece no auditório da Casa da Cultura Francisco Timóteo Pereira, na avenida Getúlio Vargas, nº 90, na orla da Lagoa Paulino.


Serviço

Serão Poético Especial 26 anos

Dia 02 de junho, sábado

Horário: 20 horas

Local: Casa da Cultura Francisco Timóteo Pereira, Av. Getúlio Vargas, 91, Centro (Orla da Lagoa Paulino)

Entrada Franca



Museu Itinerante Ultragaz se despede de Sete Lagoas nesta sexta-feira


Com o tema Reciclagem na Arte, o projeto percorrerá o Brasil

Quem ainda não viu, deve se apressar. A exposição Reciclagem na Arte, do Museu Itinerante Ultragaz, se despedirá da cidade de Sete Lagoas, na tarde desta sexta-feira, 1º de junho às 18 horas. O projeto leva, gratuitamente, arte e cultura a população, crianças e adolescentes de escolas e instituições públicas. De Sete Lagoas, segue para outras 12 cidades de nove Estados do território nacional.

Alunos de escolas públicas e particulares se fazem presentes
Foto: Ascom/Prefeitura de Sete Lagoas
A exposição, que até a tarde desta quinta feira já contabilizava mais de 1000 visitantes, é composta por 40 trabalhos de 12 importantes artistas brasileiros. A mostra desperta a reflexão sobre a valorização da vida e do desenvolvimento sociocultural das comunidades, além de chamar atenção para a necessidade da preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável.

Todos os trabalhos que integram a exposição celebram a vida e a necessidade de cuidar do presente, do futuro e do legado às futuras gerações, a partir da transformação de materiais que pareciam sem valor no contexto das obras de arte. A própria arte, ao refazer imagens e conceitos e transformá-los em obras de arte, ensina como é possível recuperar a beleza e o brilho das coisas a partir do que antes parecia inútil e sem valor.

Exposição intriga e seduz com belos trabalhos
Foto: Ascom/ Prefeitura de Sete Lagoas
A Ultragaz, em seus 75 anos, tem uma história marcada pela proximidade com as comunidades onde atua, com inovação, pioneirismo e excelência na prestação de serviços. A companhia reforça, constantemente, por meio de suas ações de sustentabilidade, seu orgulho em contribuir com a disseminação da cultura e do lazer pelo Brasil, pois entende que sua responsabilidade vai muito além das questões comerciais.

De acordo com a produção da exposição, a receptividade dos pequenos sete-lagoanos só reforça o desejo de continuar o trabalho e transmite a certeza de que se está trilhando o caminho certo.


Serviço

Museu Itinerante Ultragaz - Sete Lagoas

Data: Só até sexta 01/06/2012

Local: Galeria Myralda

Endereço: Av. Getulio Vargas, 91 – Centro – Sete Lagoas.

Horário de visitação: Terça, Quarta e Sexta das 09h00 as 17h30 e Quinta feira das 09h00 as 21h00





Fonte: Ascom Prefeitura Municipal/Ultragaz




Conhecer Sete Lagoas: lazer e cultura mais próximos da população

Cidadãos e turistas fazem passeios gratuitos pelos principais pontos da cidade
No próximo dia 17 de junho, domingo, o projeto Conhecer Sete Lagoas dará sequência aos passeios pelos principais pontos turísticos da cidade.  O programa, oferecido à população e visitantes e realizado pela Prefeitura Municipal/Seltur, é gratuito e acontece sempre no terceiro domingo de cada mês. Em junho, acontecerá no dia 17.
 
Guia turístico sempre acompanha os visitantes
Foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura Se Sete LAgoas
Visto como um atrativo a mais para quem gosta de registrar as paisagens, fotógrafos amadores e profissionais da cidade sempre se fazem presentes, dando dicas aos participantes de como fazer boas fotografias durante o passeio, e divulgando seus trabalhos.

O ponto de partida para Conhecer Sete Lagoas é o CAT - Centro de Apoio ao Turista – local de onde os ônibus partem às 9h e às 10h. Um dos roteiros encerra o passeio no Parque da Cascata e o outro finaliza o tour no Monumento Natural Estadual Gruta Rei do Mato, onde o participante pode pagar R$ 2,00 para conhecer a caverna.

Não é permitida a participação de crianças desacompanhadas de um responsável nos passeios e as visitas são guiadas por bacharéis em Turismo/condutores da Seltur S/A, que relatam fatos relacionados à história de Sete Lagoas como marcos do seu crescimento e desenvolvimento econômico, a chegada da Ferrovia Central do Brasil em Sete Lagoas, seus pontos turísticos, patrimônio histórico-cultural e imaterial, entre outros.

O Projeto Conhecer Sete Lagoas, realizado pela Prefeitura Municipal/Seltur, visa a valorização da atividade turística como um importante elemento de inclusão e estímulo para a vida social dos sete-lagoanos e comunidade do entorno, que têm a oportunidade de conhecer mais sobre sua cidade e consequentemente sobre sua história. Vale lembrar que as vagas são limitadas.
Programe-se:

Conhecer Sete Lagoas

Data:

Hora: 9h e 10h - saída dos ônibus

Local: Praça do CAT

Participação gratuita
17 de junho (domingo)

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Sete Lagoas recebe Museu Itinerante Ultragaz

Projeto percorre o Brasil com o tema Reciclagem na Arte

Reconhecida por suas ações na área de Sustentabilidade e líder na distribuição de Gás LP (Liquefeito de Petróleo) no Brasil, a Ultragaz realiza pelo segundo ano consecutivo o projeto Museu Itinerante Ultragaz. Passando por 12 cidades de nove Estados, o Museu Itinerante, chega a Sete Lagoas no próximo dia 29 de maio. A proposta é levar, gratuitamente, arte e cultura a crianças e adolescentes de escolas e instituições públicas.
Divulgação

A exposição Reciclagem na Arte percorre o país com 40 trabalhos de 12 importantes artistas brasileiros e desperta a reflexão sobre a valorização da vida e do desenvolvimento sociocultural das comunidades, além de chamar atenção para a necessidade da preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável.

Todos os trabalhos, cada um a seu estilo, celebram a vida e a necessidade de cuidar do presente e do legado às futuras gerações, a partir da transformação de materiais que pareciam sem valor no contexto das obras de arte.

A Ultragaz, que este ano completa 75 anos, atua em todas as regiões do País, e tem uma história marcada pela proximidade com as comunidades onde atua, com inovação, pioneirismo e excelência na prestação de serviços. A companhia reforça, constantemente, por meio de suas ações de sustentabilidade, seu orgulho em colaborar com a disseminação da cultura e do lazer pelo Brasil, pois entende que sua responsabilidade vai muito além das questões comerciais.
Obras expostas em Sete Lagoas
Foto: Ascom Prefeitura de Sete Lagoas

Para Daniela Gentil, Gerente de Sustentabilidade da Ultragaz, investir em arte e cultura faz parte do DNA da companhia, que está sempre preocupada em “contribuir com o desenvolvimento socioeconômico das comunidades, investindo em projetos educativos, culturais e de preservação ambiental, com foco na sustentabilidade do negócio".
Arte, pioneira no conceito de reciclagem.

Para o curador do Museu Itinerante, Jacob Klintowitz, “arte é reciclar a banalidade, criar formas, e devolver o brilho e a inteligência das coisas. A arte de reciclar sempre recupera o que já não servia para nada, e nos devolve um tesouro único capaz de nos emocionar, ensinar, ampliar o nosso horizonte e melhorar a qualidade de nossa vida. A essência da arte é nos revelar os símbolos da humanidade.

Deste ponto de vista, o da revitalização da linguagem e de dar forma aos símbolos, a arte é pioneira na recuperação do significado das coisas, no respeito ao que o ser humano tem de fundamental e na capacidade original de nos dar o máximo sem dilapidar a natureza e comprometer o futuro. Ao contrário, a arte ajuda a construir o futuro e a manter vivos os valores da dignidade, do trabalho em prol do coletivo, da cooperação comunitária, da educação, e do respeito à diversidade”.

Fonte: Ascom Prefeitura/Ultragaz

Serviço

Museu Itinerante Ultragaz em Sete Lagoas
Data: 29/05 a 01/06/2012

Local: Galeria Myralda

Endereço: Av. Getulio Vargas, 91 – Centro – Sete Lagoas.
Horário de visitação: Terça, Quarta e Sexta das 09h00 as 17h30 e Quinta feira das 09h00 as 21h00

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Edição festiva homenageia a idealizadora do projeto

Serão Poético junho 2012
A edição de junho de 2012 do, já tradicional, Serão Poético tem sabor de festa. O projeto realizado pelo Clube de Letras de Sete Lagoas, em parceria com a Prefeitura/Secretaria de Cultura e Comunicação Social, comemora 26 anos de apoio e dedicação às artes, literatura e cultura da nossa terra.

Na noite do próximo dia 02 de junho, o Serão Poético especial, homenageará (in memorian) com poemas, trovas, canto, música, dança e teatro, a idealizadora do Serão Poético, Professora Myralda Elisa de Faria Roque, e a secretária Municipal de Esporte e Lazer, Lídia Lane Ferreira Alves pelo “Dia Olímpico”.
Sempre aos sábados, o Serão Poético acontece no auditório da Casa da Cultura Francisco Timóteo Pereira, na avenida Getúlio Vargas, nº 90, na orla da Lagoa Paulino.Entrada Franca.

Quem Foi Myralda?

Myralda Elisa de Faria Roque
Foto: Clube de Letras de Sete Lagoas
Nascida na cidade mineira de Guaxupé, Myralda Elisa de Faria Roque mudou-se para Sete Lagoas, onde rapidamente se entrosou no meio cultural local. Em sua bagagem trazia o diploma do Conservatório Mineiro de Artes de Belo Horizonte, onde se especializou em música, teoria, canto, solfejo, coreografia e teatro. Convidada a fazer parte da Escola de Musica “Lia Salgado” (Fundação Monsenhor Messias – FEMM), viu seu trabalho reconhecido, tornando-se diretora.

Quando da edificação da Casa da Cultura, a professora Myralda Elisa foi designada diretora do Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura da Prefeitura de Sete Lagoas. A partir desse momento, foi notável seu desempenho enquanto animadora cultural, realizando vários eventos, revelando valores em todos os segmentos da arte.

Trabalhando arte e cultura de forma descentralizada permitindo a expressão de novos talentos surgiu o “Projeto Corpo e Alma”. Segundo depoimentos de uma legião de artistas da cidade, a Casa da Cultura tornou-se com D. Myralda, o “templo da arte” e ela, o “Mecenas feminino de Sete Lagoas”.

Serviço

Serão Poético Especial 26 anos

Dia 02 de junho, sábado

Horário: 20 horas

Local: Casa da Cultura Francisco Timóteo Pereira, Av. Getúlio Vargas, 91, Centro (Orla da Lagoa Paulino) Entrada Franca




Fonte: Clube de Letras de Sete Lagoas

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Congadeiros realizam festa em louvor a Santa Joana D’Arc e São Benedito

Festejos seguem até o dia 27 de maio

A coordenação de Congo, Guarda do Rosário e Santa Joana D’Arc, representada pelo capitão mor Juvenal Martins dos Santos, “Preto”, sua presidente, Edna Maria Teixeira, primeira capitã, Diva e segunda capitã Gildovânia convidam a comunidade sete-lagoana a participar da 11ª Festa de Santa Joana D’Arc e São Benedito, iniciada no último dia 18.
Santa Joana D'Arc
Foto divulgação

Os festejos que contam com o apoio cultural da Prefeitura/Secretaria de Cultura e Comunicação Social acontecem na Rua Nossa Senhora do Rosário, Nº 49 no bairro da Catarina e seguem até o próximo dia 27 de maio, domingo, quando será executado o recebimento das guardas, e cumprimento de promessas às 9 horas.

Programação

26 de maio – sábado

20 horas: hasteamento das bandeiras Santa Joana D’Arc e São Benedito. A bandeira de Santa Joana D’Arc sairá em procissão da residência do Sr. Luís Carlos Barbosa – “Lola Fogueteiro”. Rua Pedro Leopoldo, 150, bairro Vale das Palmeiras.

As bandeiras de São Benedito e Santa Efigênia sairão em procissão da residência do Sr. Ronaldo Fonseca Barbosa de Avelar. Rua Araguari, 313, bairro da Catarina
27 de maio – domingo

10 horas: Cavalgada de Santa Joana D’Arc

As comitivas de cavalgadas e procissão dos santos padroeiros sairão às 10h da Fazenda “das melancias”, da residência do Sr. Antônio Expedito e Sra Ester Abreu e Família, seguindo direto para a missa na Capela de São José.
11 horas: Missa e saudação aos devotos dos santos padroeiros. Após a missa, continuação da procissão para a Capela Nossa Senhora do Rosário.

As atividades contarão com a participação especial do Coral das Pastorinhas Santa Catarina, Policia Militar e corpo de Bombeiros de Sete Lagoas.

 

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Feira das mães comemora sucesso e reconhecimento

Público atesta qualidade dos produtos

A tradicional Feira das Mães, que reúne artesãos e o que há de melhor do artesanato local, celebram os resultados obtidos na edição de 2012. O evento realizado pela Prefeitura Municipal/Secretaria de Cultura e Comunicação Social, juntamente com o Departamento de Arte e Artesanato e Centro Cultural Nhô Quim Drummond – Casarão, em parceria com a Art Cap, levou centenas de pessoas à Praça Tiradentes nos quatro dias da feira.
Feira das mães 2012
Foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura de Sete Lagoas

Os artesãos e coordenadores da feira se mostram satisfeitos com os resultados, pois além de superar as expectativas, o aumento no número das vendas e índice de satisfação dos visitantes, atestou a qualidade dos produtos ofertados. “Esse ano, a estrutura possibilitou uma interação maior entre os artesãos e o público, as peças lindas e de boa qualidade foram perfeitas para quem gosta de presentear com bom gosto e criatividade. Espero que a próxima esteja tão boa quanto essa”, disse Adriana Andrade, visitante da feira há três anos.

Para Vanessa Coutinho, representante da Art Cap o objetivo da feira foi alcançado agregando valor ao artesanato local e dando aos artesãos o devido valor do seu trabalho. “O evento superou todas as expectativas dos organizadores e artistas participantes que puderam ver seus trabalhos sendo valorizados e respeitados. A população recebeu de maneira positiva, o que reforça o desejo e esforços para que os produtos e eventos dessa natureza estejam cada vez melhores” reforçou.

O espaço amplo disponibilizou aos visitantes oficinas de tulipa, tic tac e abóboras de tecido além dos mais variados produtos artesanais como patchwork, bijuterias, bordados, flores em tecido, caixas em MDF decoradas, roupas bordadas. A mostra reuniu mais de 30 artesãos.

Orquestra de Câmara Opus e Derico se apresentam neste domingo em Sete Lagoas

Evento gratuito coloca arte e cultura mais próximas de todos

Vivenciar novas experiências, apreciar boa música e poder ajudar ao próximo por menos de R$2,00. Parece impossível, mas no próximo dia 20 de maio, a cultura e a arte se unirão em benefício de entidades carentes da cidade. O teatro de arena do Centro Cultural Nhô Quim Drumond, Casarão, receberá no próximo domingo, às 20h, a Orquestra de Câmara Opus acompanhada do saxofonista e flautista Derico Sciotti, do Programa do Jô. O evento tem entrada gratuita.

Orquestra de Câmara Opus
Foto Divulgação
Na oportunidade, a Secretaria de Cultura e Comunicação Social juntamente com a Associação Amigas da Cultura de Sete Lagoas, realizadoras do evento, com apoio da Astra imóveis, convidam a população a ajudar projetos assistenciais da cidade, por meio de doação de uma caixa de leite longa vida.

A apresentação da Orquestra que já esteve em Sete Lagoas por três vezes, faz parte da turnê 2012 e traz em seu repertório peças eruditas e populares como Beatles, standards de jazz, chorinho, temas de filmes e MPB. O grupo formado em Belo Horizonte em 2006, conta com a participação dos sete-lagoanos Richard e Fernanda Mattos e tem como objetivo, difundir a música orquestral, erudita e popular. Atualmente, a orquestra é formada por 15 músicos entre cordas e sopros. "Nosso grande diferencial é o repertório bastante voltado para a música brasileira. Compositores eruditos são apresentados ao lado de arranjos exclusivos de música popular brasileira", ressalta o maestro Leonardo Silva.

Com os patrocínios da Tracbel, Volvo e Cemig, a Opus desenvolveu o projeto "Orquestrando Brasil", através dos benefícios da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e já se apresentou em mais de 50 cidades de seis estados brasileiros. "Com este projeto a orquestra quer mostrar aos brasileiros a riqueza da nossa música e estreitar a distância ainda existente entre o público e eventos culturais, como o concerto de uma orquestra", afirma o maestro. Com dois CDs lançados, um em 2007 e outro em 2011, a orquestra conseguiu projeção internacional sendo, inclusive, convidada a se apresentar fora do país.


Derico

Derico Sciotti
Foto Divulgação
Apesar de já ter se apresentado por três vezes na cidade, o show do dia 20 tem um sabor especial, pois terá a participação do saxofonista e flautista Derico Sciotti, do Programa do Jô. O músico já havia participado de outras apresentações da orquestra, mas nunca esteve em Sete Lagoas.

Em 1990, Derico foi convidado a participar do programa Jô Soares Onze e Meia, no SBT, como saxofonista e flautista do Quinteto Onze e Meia. Porém, além de músico, passou a atuar também como "Assessor para Assuntos Aleatórios", participando e ajudando Jô Soares nas mais diversas e inusitadas situações criadas no programa. Hoje Derico Sciotti é contratado da Rede Globo, e atua no Programa do Jô, juntamente com o Sexteto.



Serviço:

Orquestra de Câmara Opus e Derico Sciotti

Data e horário: 20/05/2012, 20h

Local: Casarão Nhô Quim Drummond, Praça Tiradentes, 257 - centro.

Entrada: Gratuita, sujeito à lotação do local

As doações serão recolhidas no local.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Guarda de Congo do Casarão comemora 124 anos da abolição da escravatura

Levantamento de bandeira e manifestações culturais marcam a festa e lembram o Dia de Preto Velho

O Centro Cultural Nhô Quim Drummond, o Casarão, foi palco das comemorações dos 124 anos da Abolição da Escravidão no Brasil, ocorrida no ultimo sábado, 12 de maio. A festividade que reuniu arte, história e cultura, lembrou ainda o Dia de Preto Velho e Nossa Senhora de Fátima, entidades fortemente presentes na cultura, manifestações de Congado e na herança afro brasileira.

A celebração contou com a presença do grupo Oficina da Capoeira, que se apresentou na Praça Tiradentes e logo após se juntou aos presentes no pátio externo do Casarão para ouvir uma palestra sobre cultura afro brasileira e preconceitos no século XXI, ministrada pelo folclorista, congadeiro e músico Mestre Saúva. Após a palestra, foi rezado o terço pela Guarda de Congo do Casarão sendo seguido pelo levantamento da bandeira e confraternização dos presentes com a tradicional feijoada.

Para o senhor José Roberto, coordenador de cultura popular do Centro Cultural e da Guarda de Congo do Casarão, congadeiro que dá nome à biblioteca do folclore, o dia 13 de maio é um dia muito especial para a cultura brasileira, pois nos traz à memória parte importante de um passado recente que ainda deixa marcas. “Essa manifestação muito rica, que mistura a cultura, herança africana e fé, nos faz lembrar dos tempos da escravidão e reforça a luta diária contra o preconceito e as diferenças. Conhecendo nosso passado vamos construindo nosso futuro resgatando nossa origem e responsabilidade com o passado e com a história” conclui.

A abolição da escravatura no Brasil

Os negros, trazidos do continente Africano, eram transportados dentro dos porões dos navios negreiros e dificilmente sobreviviam, em função das péssimas condições. Após o desembarque, eles eram comprados por fazendeiros e senhores de engenho, que os tratavam de forma cruel e desumana. A situação, mesmo recorrente, era considerada abusiva por parte de uma minoria (os abolicionistas).

Por 300 anos, a economia do país contava somente com o trabalho escravo para realizar as várias tarefas.  As providências para a libertação dos escravos deveriam ser tomadas lentamente. A partir de 1870, a região Sul do Brasil passou a empregar assalariados brasileiros e imigrantes estrangeiros; no Norte, as usinas modernizavam os primitivos engenhos, reduzindo a utilização de escravos. Nas principais cidades, aumentava o desejo por indústrias.

O primeiro passo para a liberdade foi dado em 1850, com a extinção do tráfico negreiro. Vinte anos mais tarde, foi declarada a Lei do Ventre-Livre (de 28 de setembro de 1871), que tornava livre os filhos de escravos que nascessem a partir de sua promulgação. Em 1885, foi aprovada a lei Saraiva-Cotegipe ou dos Sexagenários que beneficiava os negros de mais de 65 anos. Finalmente, em 13 de maio de 1888, através da Lei Áurea, a liberdade total foi alcançada pelos negros no Brasil.

Preto Velho

São chamados de Pretos Velhos as divindades purificadas de antigos escravos africanos. Sábios, ternos e pacientes dão o amor, a fé e a esperança aos "seus filhos". Entidades que tiveram pela sua idade avançada, o poder e o segredo de viver longamente através da sua sabedoria. Apesar da rudeza do cativeiro demonstram fé para suportar as amarguras da vida, consequentemente são espíritos guias de elevada sabedoria, que trazem esperança e quietude aos anseios da consulência que os procuram para amenizar suas dores.

Mandingueiros poderosos, com seu olhar perscrutador sentados em seu banquinho, fumam cachimbo, benzendo com seu ramo de arruda, rezando com seu terço e aspergindo sua água fluidificada, demandam contra o baixo astral, suas baforadas fazem a limpeza e harmonização das vibrações de seus médiuns e de consulentes.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Espetáculo O Pequeno Príncipe chega a Sete Lagoas

As apresentações acontecerão neste final de semana no auditório do Unifemm

O Pequeno Principe
Foto Divulgação
Com apoio da Prefeitura Municipal/Secretaria de Cultura e Comunicação Social, a história do Pequeno Príncipe, uma das mais conhecidas no mundo e também uma das mais belas encenações, chega a Sete Lagoas, nos próximos dias 12 e 13 de maio no auditório do Centro Universitário Unifemm. O espetáculo é uma produção da Katapalmas Cia de Teatro.

As apresentações serão em horários alternativos, a fim de possibilitar ao público a oportunidades de conhecer e se entregar ao mundo mágico do Pequeno Príncipe. No sábado haverá duas sessões: 17h30 e 20h, no domingo três: às 10h, 17h e 19h.

A criação do escritor e ilustrador francês Antoine de Saint-Exupéry é a terceira obra literária mais traduzida no mundo. Acredita-se que parte do enredo da obra e as aquarelas de Saint-Exupéry tenham sido inspiradas pela sua ida ao nordeste do Brasil, onde ele teria se encantado com o Baobá, árvore de origem africana trazida à terra brasileira.

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente ao valor de R$10,00 (meia entrada para todos) no Limão de Gravata, Símon relógios e jóias, Amora Melão e Ice Gurt. No local da apresentação os ingressos serão vendidos ao custo de R$20,00 com meia entrada para estudantes.

Informações: (38)9969-4731


quinta-feira, 10 de maio de 2012

10ª Semana Nacional de Museus em Sete Lagoas


Atividades terão início nesta segunda, 14 de maio


Os museus de Sete Lagoas estão em clima de festa. Durante toda a semana, será comemorada a 10ª Semana Nacional de Museus, a terceira realizada na cidade. O evento, que acontece anualmente na semana do dia 18 de maio (Dia Internacional dos Museus), é coordenado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), e pretende sensibilizar os espaços e a sociedade em que estão inseridos para o debate sobre temas da atualidade, como patrimônio, relação história e comunidade, arte e cultura.

Com o tema “Museus em um Mundo em Transformação – novos desafios, novas inspirações”, o encontro reunirá instituições museológicas de todo o país. Em Sete Lagoas, os coordenadores dos Museus “Histórico” e do “Ferroviário”, através da Prefeitura Municipal/Secretaria de Cultura e Comunicação Social e Secretaria Municipal de Educação, coordenarão os trabalhos e receberão os participantes em visitas monitoradas e palestras sobre a importância dos bens patrimoniais do município.

A diretora dos museus de Sete Lagoas, Charlene Amorim, considera a inclusão do município no circuito brasileiro de museus muito importante, pois, integra Sete Lagoas a uma ação nacional. “Além disso, os nossos museus terão a oportunidade de demonstrar para a população os trabalhos desenvolvidos e suas linhas de pesquisa, fortalecendo-se, pois, a comunidade que vai ao museu, se vê no museu, se identifica e se transforma”, enfatizou.

Confira a Programação completa:


Museu Histórico de Sete Lagoas - Praça Santo Antônio, 100 – Centro


14/05 - segunda-feira

Museu Histórico Municipal
8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”
10h, 13h, 15h - Apresentação do site dos museus
15/05/12 - terça-feira


8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”

10h, 13h, 15h - Apresentação do site dos museus


16/05/12 - quarta-feira


8h - Encontro dos servidores de todos os departamentos da Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação Social no Receptivo Turístico da Gruta Rei do Mato.

8h - Palestra “A importância das relações no ambiente de trabalho” com Graziela Francisca Alves Ferreira, psicóloga organizacional.

8h - Palestra “Museu ainda faz sentido? Faz!” com Ana Werneck, assessora da Superintendência de Museus e Artes Visuais de Minas Gerais.

15h - Visita monitorada previamente agendada para escola

15h - Apresentação do site dos museus


17/05/12 - quinta-feira


8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

13h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”


18/05/12 - sexta-feira

8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

13h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”


Museu do Ferroviário - Av. Antônio Olinto, 600 – Centro


14/05/12 - segunda-feira


8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

Museu do Ferroviário
8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

13h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”


15/05/12 - terça-feira


8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

8h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”

8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

16/05/12 - quarta-feira


15h - Visita monitorada previamente agendada para escola

15h - Apresentação do site dos museus

 
17/05/12 - quinta-feira

8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”

8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

18/05/12 - sexta-feira




8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”

8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus






quarta-feira, 9 de maio de 2012

10ª Semana Nacional dos Museus

“Museus em um Mundo em transformação – novos desafios, novas inspirações” é o tema para 2012

A Secretaria de Cultura e Comunicação Social convida a todos os cidadãos a conhecerem e reconhecerem os museus da cidade. Começa na próxima segunda, 14 e vai até o dia 18/05, a 10ª Semana Nacional dos Museus. A programação, de caráter educativo, é aberta ao público e vai receber alunos de mais de 20 escolas do município, para promover a troca de conhecimentos e formar novos públicos para os guardiões das memórias da cidade.
O tema da edição de 2012 é “Museus em um Mundo em Transformação – novos desafios, novas inspirações”, seguindo a indicação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A participação é gratuita e aberta ao público.

Segundo a diretora de Museus da Prefeitura, Charlene Amorin, a intenção é trazer mais de 1.500 pessoas nos cinco dias de evento. “Precisamos freqüentar nossos museus, reconhecer nossa história e incentivar as crianças e adolescentes a fazer o mesmo. Temos um acervo muito precioso sobre nosso cotidiano, sobre a memória dos trabalhadores que construíram nossa Sete Lagoas e grande parte de nossos cidadãos nunca entrou no Museu Histórico e no Museu do Ferroviário. A Semana dos Museus é uma ótima oportunidade para conhecer melhor nossa história”, diz Charlene.

Através de exposições, seminários, filmes e visitas guiadas, a Secretaria de Cultura e Comunicação Social pretende reafirmar a importância do patrimônio material e imaterial do município. A Semana Nacional dos Museus acontece, ao mesmo tempo, em 1.009 museus do país.

Acompanhe a agenda da 10ª Semana Nacional de Museus:
 
Museu Histórico de Sete Lagoas - Praça Santo Antônio, 100 – Centro

14/05 - segunda-feira
8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
Museu do Ferroviário
Foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura de Sete Lagoas
8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”

10h, 13h, 15h - Apresentação do site dos museus

15/05/12 - terça-feira

8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”
10h, 13h, 15h - Apresentação do site dos museus

16/05/12 - quarta-feira

8h - Encontro dos servidores de todos os departamentos da Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação Social no Receptivo Turístico da Gruta Rei do Mato.
8h - Palestra “A importância das relações no ambiente de trabalho” com Graziela Francisca Alves Ferreira, psicóloga organizacional.
8h - Palestra “Museu ainda faz sentido? Faz!” com Ana Werneck, assessora da Superintendência de Museus e Artes Visuais de Minas Gerais.

15h - Visita monitorada previamente agendada para escola
15h - Apresentação do site dos museus

17/05/12 - quinta-feira
8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus
13h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”

18/05/12 - sexta-feira
8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus
13h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”

Museu do Ferroviário - Av. Antônio Olinto, 600 – Centro


14/05/12 - segunda-feira
Museu Histórico Municipal
Foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura de Sete Lagoas
8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus
13h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”

15/05/12 - terça-feira

8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
8h - Palestra com o historiador Dalton Andrade “Preservação do patrimônio cultural”
8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

16/05/12 - quarta-feira

15h - Visita monitorada previamente agendada para escola
15h - Apresentação do site dos museus

17/05/12 - quinta-feira

8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada
8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”
8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

18/05/12 - sexta-feira

8h, 10h, 13h e 15h - Visita monitorada

8h - Palestra com a historiadora Shirley Fonseca “Preservação do patrimônio cultural”
8h, 10h, 15h - Apresentação do site dos museus

terça-feira, 8 de maio de 2012

Comissão Zeladora Capela de Santa Helena e Prefeitura Municipal divulgam balanço da

Evento contou com a participação de 15 mil pessoas

Encerrada na última segunda, a Festa da Serra reuniu durante toda a semana cerca de 15 mil pessoas, de acordo com dados fornecidos pela Polícia Militar. Segundo a Comissão Zeladora Capela de Santa Helena, a mobilização popular, aliada ao incentivo e apoio da Administração Municipal, foram determinantes para que as atividades atendessem ao objetivo de divulgar a cultura local e manter viva a maior festividade popular que Sete Lagoas possui: a tradicional e centenária Festa da Serra de Santa Helena.

Festa da serra 2012
Foto: Quin Drummod/AscomPrefeitura de Sete Lagoas


A Festa, que anualmente leva milhares de pessoas até o alto da Serra, com o cortejo de Congados e Moçambiques, é influenciada por propósitos religiosos, mas também resgata tradições da nossa ancestralidade africana, tão presente e significativa na cultura brasileira. O apoio a essas ações de resgate da identidade histórico-artístico–cultural dos sete-lagoanos é uma das marcas da atual Administração que, por meio da Secretaria de Cultura e Comunicação Social, tem dado suporte e apoio aos grupos artísticos e presentes na cidade.

Vicente Natividade, presidente da Comissão Zeladora da Capela de Santa Helena, que organiza a Festa da Serra, comandou a reforma da capela do século XIX, que teve todo o telhado, pintura e decoração refeitas. As imagens de Santa Helena e a pintura do altar da mesma foram obras dos artistas Magno Amaral e Adriana Drummond. Vicente Natividade faz um balanço positivo dos festejos em 2012: “a Prefeitura nos últimos anos tem nos dado mais apoio e organização nesse grande encontro de cultura e identidade do nosso povo. A presença da Secretaria de Obras, do Meio Ambiente, do SAAE e principalmente da Cultura, nos deixou mais animado a continuar a luta que é realizar nossa Festa. A gente faz tudo com muita fé em Santa Helena, mas o trabalho de todos da Comissão é enorme. Precisamos da Prefeitura aqui, todos os anos!”


Foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura de Sete Lagoas

Para garantir o bom funcionamento da festa, foram mobilizadas as secretarias de Obras Públicas, que enviou máquinas para reparar as estradas de terra que dão acesso a Serra, além do deslocamento de pintores, bombeiros, carpinteiros e eletricistas para procederem os devidos reparos, instalações e montagem do palco; a de Meio Ambiente, responsável pela  limpeza das estradas de acesso e do alto da Serra antes, durante e após a festa; e o SAAE que forneceu 2 mil copos de água potável e vários caminhões pipa para abastecimento no local, ao longo de uma semana.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, a falta de consciência ecológica e cidadania demonstrada por alguns cidadãos, ainda entristece.  Após os festejos, foi possível observar bastante lixo espalhado pela Serra de Santa Helena, patrimônio religioso, ecológico e cultural da cidade. Muitas lixeiras são disponibilizadas pela Prefeitura e placas sinalizavam a localização das mesmas. Segundo o Secretário, Cláudio Ribeiro Figueiredo (Busu), “a equipe responsável pela limpeza urbana esteve no local durante toda a festa, mas, devido ao grande volume de lixo, não foi possível realizar toda a limpeza no mesmo dia. No início dessa semana, uma equipe de limpeza foi especialmente deslocada para realizar a limpeza da Serra de Santa Helena", confirmou o secretário.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Associação de Pastorinhas e Folia de Reis convoca membros para eleger nova diretoria

Eleição acontecerá no dia 20 de maio

A Associação de Pastorinhas e Folias de Reis, através de seu Conselho Fiscal e Deliberativo, torna público o edital de convocação para Assembléia Geral Extraordinária para eleição da nova diretoria para o biênio 2012/2013, no próximo dia 20 de maio, de 9h as 14h, no Casarão. Na oportunidade também será feita a prestação de contas da atual Diretoria Executiva -biênio 2010/2011. Eleita, a nova diretoria tomará posse em seguida.

Pastorinhas
foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura de Sete Lagoas

Para concorrer à eleição, as chapas interessadas deverão ser registradas na sede da Associação (Rua Santa Bárbara, 942, Santa Luzia), até as 18h do dia 16 de maio. Caso não ocorra apresentação de chapas para a disputa, a atual diretoria será declarada eleita, recebendo posse em seus respectivos cargos após o horário estipulado para a votação.

Somente os filiados dos grupos organizados de Pastorinhas e Folias de Reis, poderão votar, desde que estejam em dia com as obrigações sociais e estatutárias da entidade que representa. Votarão aqueles maiores de 16 anos, sendo que para pessoas com idade superior de 70 anos, o voto é facultativo.

O processo de eleição para escolha da nova diretoria da Associação de Pastorinhas e Folia de Reis determina, no local de votação, a presença de apenas 01 fiscal de cada chapa. A mesa de votação será composta por um presidente e um secretário credenciados para tal.

Para esclarecer dúvidas e obter mais informações, os interessados devem entrar em contato pelo telefone (31) 9741-2273, falar com Joaquim de Brito.

Procissão marca atividades da Festa de Santa Helena e Santa Cruz

Guardas saíram do Casarão em direção ao alto da Serra

Festa da serra 2012
Foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura de Sete Lagoas
A procissão em louvor a Santa Helena e Santa Cruz, ocorrida no último sábado, 05 de maio, mobilizou grupos e fieis de todos os cantos da cidade. Numa demonstração de devoção e beleza, os fieis saíram da Praça Tiradentes, seguindo para o alto da Serra, onde foi feito o levantamento da bandeira e a queima de fogos. Com o apoio da Prefeitura Municipal/Secretaria de Cultura e Comunicação Social, a programação atraiu uma multidão e transcorreu com tranqüilidade e segurança, evidenciando a força desta festa religiosa, além da sua expressividade cultural.

“A Prefeitura dá o suporte para que a tradição e a fé se unam no culto a Santa Helena e Santa Cruz, que agregam pessoas independentemente de classe social e cultural, pois são unidos pela fé”, explica Fredy Antoniazzi, secretário de Cultura e Comunicação Social, que como de costume acompanhou todo o processo e transcorrer da festa.

Algumas guardas que se atrasaram, devido à saída antecipada (comparada a dos outros anos) do cortejo, ocorrida às 17h, integraram o grupo no meio do percurso, o que não tirou a beleza e legitimidade da festa. A festa que atrai pessoas de diversos lugares é o principal símbolo da religiosidade e fé dos sete-lagoanos que, ano a ano, acompanham o cortejo em direção ao alto da Serra e participam das ações comemorativas. “Não foram uma nem duas vezes que encontrei estrangeiros tirando fotos e participando da nossa festa de Santa Helena”, comenta Dilermando Cunha, ex-presidente da Irmandade de Santa Helena e da Comissão Zeladora da Capela de Santa Helena.

Festa da serra 2012
Foto: Quin Drummond/Ascom Prefeitura de Sete Lagoas
Dilermando, assim como tantos outros, é um sete-lagoano que desde criança participa da festa, levado pelo seu pai, também devoto de Santa Helena. A programação da centenária festa em louvor a Santa Helena e Santa Cruz se encerra nesta segunda feira, dia 07 de maio, com celebrações e terços. Além da efetiva participação da Prefeitura/Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação, junto à Comissão Zeladora Capela de Santa Helena e Associação Regional dos Congadeiros de Sete Lagoas, a festa contou com os seguintes apoios: Cortinas Carnot, Ar Frio Refrigeração, Abrassete Equipamentos de Proteção Individual, Auto Elétrica Santa Helena, Café da Serra, Lalado Freios e Mola, Gerais Seguros e Veículos, Edson Escapamentos, Drogaria Lobato, Dalton Retífica, Sinal Despachante, Óticas Ronaldo, Supercarne, Sigma, Gráfica Tameirão e JG Gráfica.